Piz Buin Allergy Face Cream desde 11.90 €

Disponibilidade:
Existente
Modelo:
PER-PT-8353
Marca:
Piz Buin
16,85 8,90

Poupou 7,95€

Sem avaliação Escreva um comentário

No caso de o produto se encontrar esgotado, clique em cima do mesmo e escolha a opção “Notificar-me”.

Todos os produtos são originais com impostos e taxas incluídas.

partilhar nas redes sociais

Protetor da marca Piz Buin

Especialmente desenvolvido com dermatologistas para proteger a pele sensível ao sol, o creme facial combina os filtros solares UVA/UVB e Calmanelle, um complexo protector único que aumenta a resistência da pele. Formulado com um anti-oxidante poderoso, Calmanelle reforça as defesas das células contra os raios UV e ajuda a aumentar a tolerância ao sol.

Confere horas de hidratação para acalmar a pele e prevenir a descamação.
Resistente à água.

protecção solar elevada


Conselhos de aplicação:
Aplique generosamente antes da exposição solar. Aplique em todo o rosto e pescoço, uma quantidade iguala a 3 colheres de chá. A redução desta quantidade reduz significativamente o nível de protecção.
Volte a aplicar frequentemente, especialmente depois de suar, nadar ou secar-se com uma toalha. Evite sol do meio-dia.
 

Qual o SPF indicado para cada tipo de pele?


As proteções solares estão agrupadas em quatro níveis: fraca (de 6 a 10), média (de 15 a 25), alta (de 30 a 50) e muito alta (50+), fatores que variam conforme a tonalidade da pele: quanto mais clara é a pele, maior tem de ser o SPF.

Pele muito clara. É a pele que se queima facilmente (fototipo 1 e 2) e que apresenta, normalmente, sardas. Dificilmente, ou com muita dificuldade, se bronzeia. O ideal é evitar a exposição solar entre as 12h e as 16h e usar diariamente um creme de elevada proteção (SPF 50+).

Pele clara a ligeiramente morena. Consegue atingir um tom levemente bronzeado mais rapidamente do que a pele muito clara, mas não deixa de requerer ainda bastantes cuidados. A pele de fototipo 3 é sensível aos escaldões. A exposição solar deve ser feita com proteção entre 30 e 50 SPF.

Pele morena. Tolera bem o sol, raramente apanha escaldões e bronzeia-se muito rápido. A exposição solar da pele fototipo 3 e 4 deve ser feita progressivamente – ou seja, usar uma proteção mais alta nos primeiros dias. As pessoas com esta tipologia de pele devem utilizar um protetor solar com fatores entre 15 e 30.

Pele muito morena. Está naturalmente protegida quanto às queimaduras. O que não significa que dispense os cuidados solares! Os efeitos mais nefastos (e falamos do cancro da pele) não discriminam tendo em conta a tonalidade, apesar de as mais claras terem mais risco de os contrair. Usar um protetor com fator entre os 6 e os 15 SPF é essencial para uma pele hidratada e cuidada. Sobretudo nos primeiros dias, nas zonas mais claras e durante a exposição nas horas de maior calor.

Bebés e crianças. Os cuidados devem ser redobrados. Até aos seis meses a exposição solar está completamente proibida e deve ser evitada a crianças com menos de 3 anos. A partir dessa idade, a exposição direta deve ser feita apenas em determinadas horas (nunca entre as 10h e as 16h) e sempre com camadas generosas e repetitivas de protetor com fator de proteção 50+.




Vídeo de apresentação
Há mais de 70 anos, PIZ BUIN® tem vindo a proporcionar aos amantes do sol, por toda parte, soluções de proteção solar que os ajudam a alcançar o equilíbrio perfeito entre um bronzeado deslumbrante e a proteção que precisam. Na verdade, PIZ BUIN® foi um dos primeiros a proporcionar um bronzeado seguro através da implementação do sistema de Fator de Proteção Solar (FPS) na década de 1960. E assim, em qualquer lado onde haja sol, seja na praia, na montanha ou na cidade, PIZ BUIN® tem ajudado as pessoas a aproveitar a vida ao sol, de forma segura.

Protetor

Sabe escolher o protetor solar certo?


O verão está chegando e todo mundo sonha em descansar ao sol. O sol é bom para o corpo e a mente, mas também pode ser prejudicial à pele. Sem exposição sem proteção!

 UVB é a principal causa de queimadura solar
Sem sol não há vida. O sol é a fonte de múltiplos benefícios para o corpo (fornecimento de calor, síntese de vitamina D através da pele, sensação de bem-estar físico) e para a mente. Ele ainda melhora certas condições da pele, como psoríase ou eczema. Mas se você usá-lo demais, as consequências podem ser prejudiciais para a pele.
A radiação ultravioleta (UVA e UVB) emitida pela radiação solar pode causar danos irreversíveis às células da pele. O UVB representa apenas 2% dos raios ultravioleta, mas eles são muito energéticos. Eles são os principais culpados de queimaduras solares, que podem variar de vermelhidão simples com sensação de aquecimento a uma queimadura real com edema doloroso acompanhado de febre, dor de cabeça. Queimaduras repetidas durante a infância são fatores de risco na ocorrência de cancro da pele (melanomas, carcinomas) na idade adulta.
Os raios UVA, por outro lado, penetram na derme, causam degradação das fibras de colágeno e elastina e são os principais responsáveis pelo envelhecimento acelerado da pele (rugas, pele seca, aparência de manchas castanhas). Os produtos solares devem, portanto, prevenir efeitos visíveis ou invisíveis, imediatos ou a longo prazo dos raios UVB e UVA. Para isso, eles contêm filtros minerais combinados que refletem filtros UV e químicos que absorvem UV. Os filtros minerais consistem em pós inertes (óxido de zinco, dióxido de titânio) e não causam alergias. Por isso, são encontrados principalmente em produtos de filtro solar destinados a peles sensíveis e crianças.

Quatro categorias de produtos solares

Os produtos Solares são classificados de acordo com seu nível de proteção (fator de proteção contra queimaduras solares ou SPF), índice de proteção solar (IP5) ou mesmo fator de proteção solar (SPF), em quatro categorias:
1. proteção fraca, SPF entre 6 e 14;
2. proteção média, FPS entre 15 e 29;
3. alta proteção, FPS entre 30 e 59;
4. proteção muito alta, SPF de 60.

O FPS não garante uma duração de proteção: a aplicação de um filtro solar com um índice alto não significa que a exposição ao sol possa ser mais longa. Ele não fornece nenhuma informação sobre proteção UVA. É por isso que as marcas adicionam proteção contra UVA, mas não há um índice único. Quanto ao termo "proteção total", ele não deve mais ser usado.

Como é calculado o índice de proteção?

O cálculo do índice de proteção resulta de um método que todos os laboratórios aplicam. Os voluntários passam a expor as costas, divididas em diferentes áreas (uma sem proteção solar, a outra ou as outras cobertas com filtro solar) à radiação UV artificial. Isso determina a dose de radiação necessária para causar o equivalente a uma queimadura solar (dose eritemal mínima ou DEM). O índice de proteção é a razão entre o DEM na pele protegida pelo produto e o DEM na pele não protegida. Qualquer que seja a marca, o SPF corresponde ao mesmo nível de proteção. Observe, no entanto, durante os testes de laboratório, 2 mg de filtro solar são usados por centímetro quadrado, o que na prática nunca é feito, pois isso equivaleria a usar um quarto de tubo de creme em uma única aplicação.

Meu tipo de pele

 
Cada um de nós tem uma capacidade única de apanhar sol e desenvolver queimaduras solares. Essa capacidade é determinada por fatores hereditários, como a cor da pele ou do cabelo, que é chamado de fotótipo. Os cientistas geralmente classificam as peles em seis categorias. Na prática, quatro fototipos principais são distinguidos:
1. ruivas com pele branca leitosa, extremamente sensível ao sol;
2. loiros de pele clara, sensíveis ao sol;
3. Pessoas com pele intermediária, cabelos castanhos com pela clara de espessura suficiente, renovando-se com bastante facilidade, ficando queimados pelo sol durante exposições muito intensas;
4. Pessoas com pele bastante resistente ao sol, cabelos castanhos, de pele morena com bronzeamento fácil.

Qual produto escolher?

A escolha do coeficiente de proteção deve depender essencialmente do fototipo da pele e da intensidade do sol. A exposição pode ser:
• extrema (montanha, trópicos);
• importante (praia, longas atividades ao ar livre, etc.);
• moderada (vida ao ar livre ...).
Quanto mais clara a cor da pele, maior a exposição e maior o índice.


Proteção reforçada para crianças


As crianças passam a maior parte do tempo ao ar livre e não estão preparadas para se defender do sol. A sua pele frágil mantém na memória, por muitos anos, os traços de queimaduras solares, fatores de risco para o aparecimento de cancro de pele na idade adulta. Estima-se que uma criança receba três vezes mais UVB por ano que um adulto e que metade da exposição solar de uma pessoa durante a vida ocorra antes dos 18 anos.
Se o sol é necessário para a saúde, representa um perigo para a pele das crianças. Antes dos 3 anos de idade, a exposição direta ao sol é proibida, porque a pele é imatura, fina e vulnerável. O seu sistema termorregulador é insuficiente e devemos ter muito cuidado com os riscos de desidratação e insolação. Essa fragilidade da pele infantil persiste até os 8-9 anos de idade. Portanto, é aconselhável expô-los o mínimo possível e privilegiar a proteção da roupa. O filtro solar usado deve ser de proteção muito alta e "especial para crianças". Evite o uso de produtos com filtros químicos em crianças pequenas.

Evitar o aparecimento de pequenas bolhas no decote

Após dois ou três dias de exposição, você está coberto de pequenos bolhas nos braços e no decote. Essa é sem dúvida a Erupção polimorfa solar (EPS): é caracterizada pelo aparecimento de nódulos vermelhos acompanhados de intenso prurido (comichão), que afeta principalmente mulheres jovens.
Essas pequenas espinhas e coceira desaparecem assim que você para de se expor. EPS é o resultado de uma exposição brutal aos raios ultravioletas e pode reaparecer todos os anos, se você não tomar cuidado. Para evitá-lo, tome três semanas antes da exposição e, durante toda a duração da exposição ao sol, suplementos alimentares à base de carotenóides (betacaroteno, licopeno) e vitaminas anti-radicais livres (A, C, E) que preparam pele para bronzear, fortalecendo suas defesas. Exponha-se muito gradualmente no início, evitando horas ricas em UVB (12 a 16 horas) e use produtos solares de alta proteção.

Autobronzeador, pele macia e bronzeada

O autobronzeador causa coloração da pele sem a intervenção da radiação solar. Na maioria das vezes contém dihidroxiacetona ou DMA, que escurece no ar por oxidação. Parece bom duas ou três horas após a sua aplicação. É então eliminado ao longo dos dias. A coloração obtida é apenas superficial. Atenção, o autobronzeador não impede o aparecimento de queimaduras solares. É aconselhável esfoliar antes da aplicação. Dessa forma, a coloração é mais uniforme e o resultado natural. Tenha cuidado para enxaguar bem as mãos após a aplicação.
 

Dicas para o uso adequado de produtos de filtro solar

- Insista em áreas sensíveis (orelhas, pescoço, nariz, ombros).
- Realize uma redução gradual do índice quando o bronzeado se intensificar.
- Aplique o protetor solar em uma camada suficientemente grossa e renove a aplicação a cada duas horas e após o banho, mesmo que o produto seja apresentado como resistente à água.
- Evite a exposição prolongada ao sol, mesmo com um creme de alto índice.
- Volte a tapar bem o produto após a utilização e coloque-o à sombra.
- Depois de aberto, não guarde o protetor solar por mais de uma temporada.

Medicação + sol, cuidado com o perigo

Certos medicamentos aumentam a sensibilidade da pele e podem induzir reações na mesma. A intensidade da reação depende da dose e exposição do medicamento. Os medicamentos responsáveis são muito numerosos: certos antibióticos, anti-inflamatórios, antidepressivos. Se você toma algum medicamento, antes de qualquer exposição, consulte seu farmacêutico.


Você sabia
Na praia, você não está totalmente protegido sob um guarda-sol. Isso não impede os raios solares refletidos pela areia.
Nuvens, vento e natação têm um efeito enganador, dando-lhe uma falsa sensação de frescura e a impressão de que o sol não está incidindo.





Rosto

Que seja bronzear sem sair da casa com os auto-bronzeadores, proteger a sua pele das agressões dos raios UVA e UVB ou hidratar e prolongar seu bronzeado, temos uma oferta das melhores marcas do mercado.

Solares

É a altura perfeita para renovarem o vosso stock de protectores solares. Lembrem-se: na época balnear,  devemos gastar, em média,  1 protector solar por semana. Se assim não for, não estamos a colocar quantidade suficiente (este é o tipo de produto que não podemos poupar)


Neste momento não temos este produto em stock. Introduza o seu email para receber uma notificação assim que o produto esteja disponível.



Inscreva-se na Newsletter