Cosméticos

Cosméticos

Apresentação dos cosméticos. O que são cosméticos?

Os cosméticos são substâncias e preparações não medicinais destinadas a serem colocadas em contacto com as diferentes partes superficiais do corpo humano (por exemplo, epiderme, dentes, unhas, cabelo, lábios, etc.), com vista a um risco que deveria ser zero. Os cosméticos, portanto, não atuam em profundidade e não são essenciais para o bom funcionamento do corpo. Na verdade, eles são reservados para cuidados com o corpo, beleza e limpeza, e o seu único propósito é limpar, embelezar, proteger e perfumar  o corpo.
É importante não confundir cosmética com cosmético: na verdade, cosmética refere-se ao mundo dos cuidados com a pele, todas as técnicas, processos e produtos usados para embelezar-se, enquanto o cosmético é o produto em si mesmo.

Usar ou não Cosméticos?

Os cosméticos vêm em diferentes formas (géis, cremes, emulsões, loções, etc.) e têm uma finalidade que permanece direcionada, ou seja, a busca pelo bem-estar, sem serem medicamentos. Além disso, todos os cosméticos têm uma composição aproximadamente semelhante, ou seja, são compostos por excipientes, substâncias ativas e aditivos.
•    O excipiente: permite que a substância ativa atue onde deveria. Ele define a aparência física final do cosmético e sua consistência (creme, gel, etc.), sendo a principal substância do cosmético. Os excipientes mais usados são água, óleos e álcool. Mas também existem excipientes naturais, de origem vegetal, como a amêndoa doce, o abacate ou a manteiga de karité. Pelo contrário, os silicones são excipientes de origem sintética.
•    A substância ativa: confere ao cosmético propriedades de "cuidado" e, portanto, não é a substância cosmética mais importante em termos de quantidade do produto final. Zinco, vitaminas, argila, algumas frutas e vegetais, são substâncias ativas encontradas em muitos cosméticos.
•    O aditivo: fortalece e estimula a ação do cosmético. Conservantes, antioxidantes, corantes e adjuvantes (para colorir, perfumar, fazer espuma, etc.) são aditivos cosméticos.

São cosméticos:
•    Produtos de higiene para o corpo, como pasta de dente, gel de banho, champô, desodorizante.
•    Produtos para a pele, que muitas vezes vêm na forma de um creme, como creme anti-rugas, creme de dia e de noite, protetor labial, máscara facial, etc.
•    Produtos para o cabelo, que, portanto, são aplicados diretamente no cabelo, como condicionador, spray para cabelo, gel, tintas.
•    Produtos de maquilhagem, usados principalmente por mulheres, como rímel, delineador, gloss, base, blush, batom, esmalte, autobronzeador.
•    Perfume, colónia e água de toilette.
•    Produtos solares, para proteger a pele dos raios ultravioleta, como protetores solares, depois da exposição aos raios ultravioleta, depois de cremes e loções solares.
•    Produtos de barbear e depilatórios, como espuma de barbear, espuma pós-barba e creme depilatório.
•    Preparações para banhos e chuveiros, como sal de banho, banho de espuma e óleo de banho.

Não são cosméticos:
•    Produtos alimentares, porque os cosméticos não podem ser consumidos.
•    Medicamentos ou drogas, porque cosméticos não curam.

Cosméticos e a sua história

Os primeiros usos dos cosméticos são quase tão antigos quanto os humanos. Já em tempos pré-históricos, as pessoas produziam tintas corporais de origem mineral, misturadas a substâncias gordurosas.

Mulher da Pré-história
Na Antiguidade, desde a invenção da escrita até a queda do Império Romano em 476 DC, os humanos continuaram a usar cosméticos. São povos inteiros como os egípcios, babilónios e hebreus que usavam cosméticos para fins mágicos, médicos e rituais. Eles também já estavam usando muitos cosméticos como tintas para o corpo e rosto, óleos, perfumes e pomadas (para funerais, ou mumificação, por exemplo).

Mulheres de nacionalidade egípcia, babilónica e hebraica
As antigas civilizações do Oriente Médio, por outro lado, pareciam particularmente interessadas nos olhos, uma vez que cosméticos como o kohl (sombra, preta ou cinza), serviam de proteção contra as moscas e o sol ofuscante. Os egípcios, entre outros, usavam uma pasta verde feita de malaquita pulverizada (pedra verde) e também uma mistura preparada com ovos de formiga triturados, além da hena (um arbusto cujas folhas permitem fazer tinta de cabelo vermelho ou amarelo) para tingir diferentes partes do corpo, como cabelo, unhas, palmas das mãos e plantas dos pés.

Maquilhagem Khôl, Malaquita ,Tatuagem de Henna
Naquela época, maquilhagens como sombras, pós para clarear a tez, pós abrasivos para clarear os dentes, óleos de banho e batons eram consumidos principalmente pelas classes mais abastadas. Graças às caravanas que transportavam produtos como seda ou especiarias para a Europa, os cosméticos foram introduzidos na Grécia e no Império Romano.
Durante a Idade Média (476 - início do século 16), a maquilhagem era, em princípio, usada para representar o ideal feminino ocidental da época: as mulheres tinham que ter a pele branca como a flor de lis e bochechas vermelhas como rosas. No entanto, esses produtos estavam disponíveis apenas para os ricos.
Durante o Renascimento (século 16), durante o reinado de Luís XIV, as pessoas consumiam muitos perfumes para lidar com a falta de higiene. Enquanto a França assume a liderança em maquilhagem, os italianos firmam-se como os principais produtores e fornecedores de produtos de beleza. Porém, o ser humano ainda não sabe que alguns produtos usados na cosmética, como o chumbo, que pode estragar a tez, podem desencadear a calvície ou mesmo com o uso prolongado podem levar à morte.

Mulher renascentista
Foi a partir do século 18 que a cosmética passou a ser acessível a todas as classes sociais. Tanto os homens quanto as mulheres buscavam ter uma aparência completamente superficial: os rostos eram esbranquiçados e as linhas das veias eram delineadas em azul. Depois da Revolução Francesa, os homens deixaram de maquilhar-se mais e as mulheres de honra só usaram colónia e pó branco.

Desde o século XX e principalmente com a industrialização, os cosméticos são cada vez mais diversos e variados e cada vez mais utilizados. Atualmente, muitos deles são feitos com produtos sintéticos ou mesmo derivados de petróleo, o que tem permitido que os seus preços caiam drasticamente.
Hoje em dia, os cosméticos são usados acima de tudo para agradar, para se sentir bonita, para se sentir bem consigo mesma. Cada vez mais homens estão usando. Além disso, os cosméticos são usados por todas as gerações: por exemplo, para bebés, costumamos usar leite corporal.
Os idosos, por outro lado, podem usar cremes para repelir os sinais de envelhecimento.
Por fim, as pessoas mais jovens e ativas procuram imitar uma determinada imagem veiculada pela publicidade e pelas “pessoas”, maquilhando-se como elas.


 

Subcategories

Últimas entradas em Cosméticos

Eucerin Dermopure Hydra

-17%

New

Eucerin Dermopure K10

-17%

New

Eucerin Dermopure Scrub

-9%

New

Anne Moller BB Hydragps

Anne Moller BB Hydragps

31.50 22.90

Out Of Stock

-27%

New

Guinot Correcteur Cover Touch

-44%

New

Guinot Longue Vie Serum

-55%

New

Guinot Gel Jambes Légères

-50%

New

Payot Pâte Grise L'Originale

Payot Pâte Grise L'Originale

30.00 10.90

Out Of Stock

-64%

New

Payot Masque D'Tox

-65%

New

Payot Hydra 24+ Lèvres

-55%

New

Acqua di Parma Colonia Creme Mãos

Out Of Stock

-47%

Klorane Eye Make-Up Remover

Klorane Eye Make-Up Remover

11.00 7.90

Out Of Stock

-28%

Inscreva-se na Newsletter